Back

Café de México Chiapas José Luis Velázquez

(29 avaliações de clientes)

0,0023,95 (IVA incl)

Canela, laranja sanguínena. Acidez brilhante.

Café de México Chiapas em parceria con . Empresa social que oferece a grupos de pequenos agriculotres, a financiação necessária para trabalhar suas terras e vender suas colheitas.

Tens dúvidas? Ajudamos-te a escolher tu café.

Subscreve-te, não fiques sem café, e obtém um 10% extra no envío trimestral.

Clica aquí para calcular poupança que vais conseguir em máquinas e café Incapto!

Peson.d.
500gr. 70 cafés 0,21€/café
1kg. 140 cafés 0,17€/café
Limpar

Descrição

PAÍS: México
FINCA: La Soledad, José Luis Velázquez Velázquez
REGIÃO: Chiapas
ALTITUDE: 1.800 metros
PROCESSO: Lavagem
TIPO: Especialidade
SCA: 82

VARIEDADE: Café Bourbon

NOTAS: Canela, laranja sanguina. Acidez brilhante.

Os atributos dos nossos cafés

Em Incapto Coffee, geramos diferentes escalas para definir os nossos cafés. Assim, tanto se tú fores um consumidor experiente como se teus conhecimentos sobre café são básicos, queremos que tenhas a informação suficiente para escolher o café mais adequado às tuas preferências.

Café de Cajamarca Perú

AROMA
Os cafés mais simples tem valores menores e, os cafés mais complexos, onde podemos encontrar aromas de frutos secos, frutas ou flores, tem valores maiores. Se tú gostas do aroma de café comum, sugerimos-te os cafés com pontuações menores. Mas, se tú gostas de experimentar aromas diferentes e com componentes olfativos, sugerimos-te os cafés com maior pontuação.

SABOR
Como com o aroma, se tú gustas de sabores mais comuns e, como se diz na gíria cafetera, “mais planos”, sugerimos-te as pontuações menores. Mas, se, ao contrário, gostas de experimentar sabores novos e descobrir matizes que não conheces, sugerimos-te os cafés com valores maiores de aroma.

ACIDEZ
Uma forma simples de explicar esse conceito é que a acidez é a personalidade do café. Faz com que, ao experimentá-lo na boca, te surpreenda. Uma acidez alta, mas sempre equilibrada com os outros atributos desse café, confere-lhe doçura e gera salivação assim que foi tomado. A acidez é estreitamente ligada à altura do cultivo do café. Quanto maior a altura, maior teor em acidez. Para os verdadeiros amantes do café, essa acidez, alta mas equilibrada, é a que nos tem apaixonados.

TORREFAÇÃO
Os nossos cafés são torrados para que, na hora de pepará-los com nossa cafeteira “súper automática”, obtenham o corpo e o creme esperados num espresso. Por isso, o grau de torrefação para nossa gama de cafés é 4 sobre 5.

CORPO 
O corpo é a textura do café, a sensação na boca. Vamos explicá-lo de uma forma simples: os cafés com pontuações menores no corpo, são leves, e os cafés com pontuações maiores dão uma sensação de ‘encher mais a boca’. Embora possa ter maior o menor corpo, tens que ter em conta que o corpo do café é influente, dependendo de como for a preparação da bebida, já que os mesmos óleos que extraimos no momento de preparar o café, também vão fornecer maior ou menor corpo. Por exemplo, se mudas o ponto de moagem, já estarás a modificar o corpo da tua chávena de café.

AMARGOR
Geralmente, estamos acostumados à ideia de que o café tem que ser preto e amargo. No entanto, como já temos visto, existem muitas caraterísticas para definir o café. Na nossa escala, os cafés com pontuações maiores no amargor, são recomendados para pessoas que gostam do café comum ou “forte”, sendo “forte”, potente e amargo. Nesse mesmo caso, também acontece que, dependendo da forma de preparar o café, poderás prepará-lo mais o menos amargo. Por exemplo, se modificas o ponto de moído ou a temperatura da preparação. De essa maneira, poderás alterar esse fator.

INTENSIDADE
A intensidade é uma caraterística que fornece uma ideia geral sobre o café. No entanto, te aconselhamos que, se procuras cafés intensos, tenhas em conta, também, atributos como a acidez ou o amargor, já que temos cafés intensos e armargos e cafés intensos e com maior acidez. Se gostas dos cafés intensos mas normais, escolhe um café intenso com amargor alto. Pelo contrário, se gostas de cafés intensos e complexos, escolhe-lo com maior intensidade e acidez.

FORÇA
A palavra força… no café, é muito ampla e pode gerar muitos mal entendidos. Começemos: a falar devidamente, a força de um café é a densidade da bebida. A falar técnicamente, é a quantidade de sólidos do café que dissolveram-se na água. Para que o café tenha a força adequada, tem que estar entre 1% e 1,5%, e o resto será água. Mas, em Incapto, temos vontade de nos aproximar ao linguagem mais popular e coloquial, quer dizer, ao que teu vizinho entende como “café forte”. Por isso, a nossa escala de força é ligada apenas à armagura e ao corpo que pode ter esse café. Quer dizer, na nossa escala, os cafés com menor força serão cafés mais suaves, pouco amargos, e os cafés com maior força serão cafés amargos e “poderosos”. Mas tens que considerar que a força depende muito da maneira que tú prepares o café. Por exemplo, se a moagem é grossa, se tem muito tempo que café foi aberto, se a temperatura da água é baixa… tudo isso fará com que teu café seja menos forte. Pelo contrário, se utilizares uma moagem mais fina, mais gramatura do café, se o café ficar mais tempo en contato com a água, se os pontos de torrefação são maiores, entre muitos outros fatores, terás como resultado uma bebida mais forte, com maior concentração de café!

Pontuação SCA
Como não podeira ser de outra maneira, todos os nossos cafés são pontuados por nossa degustadora Q Grader Beatriz Mesas. A pontuação é a suma de 11 atributos: 1º fragrância/aroma, 2º sabor, 3º sabor pós-sabor, 4º acidez, 5º corpo, 6º equilíbrio, 7º uniformidade, 8º limpeza da chávena, 9º doçura da chávena, 10º pontuação pessoal do degustador y 11º cafés com um possível defeito penalizam-se com pontuações menores. Esse sistema de pontuação é internacional. Só os degustadores certificados pelo CQI (Coffee Quality Institute) são autorizados para pontuar os cafés, e o protocolo de degustação utilizado é o da SCA (Specialty Coffee Association). Se queres conhecer mais sobre esse asunto, entra em nosso post sobre SCA

Sobre o café

É um café doce e equilibrado, com traços de canela e laranja sanguínea.

José Luis Velázquez nasceu na pequena comunidade de La Soledad, numa família dedicada ao cultivo de café. José Luis pertence à terceira geração de cafeicultores da sua familia. Dos seus avós herdou o amor pelo cuidado das plantas de café. Seus páis criaram-no nessa linda atividade, e hoje, junto com a sua esposa Candelaria, trabalham com muita dedicação e cuidados nas 5 hectares da sua parcela. A paixão com que trabalham a terra, a riqueza dos solos vulcânicos, a vegetação imponente, o clima e altura privilegiada, são os fatores influentes para obter um café de excelente qualidade. Escolhimos o café de José Luis e Candelaria pela excelencia do processo. Eles recolhem as cerejas únicamente no ponto óptimo de amadurecimento, e eso fornece uma doçura muito agradável e um sabor muito equilibrado.

Projetamos esse café de Méjico Chiapas em parceria com EthicHub. É uma empresa social espanhola que fornece a pequenos agricultores, a financiação necessária parar trabalhar suas terras e vender as coleitas nos mercados diretos.

Seu objetivo é melhorar o nível de vida desses pequenos agricultores mediante o crescimento da sua produtividade e duma cadeia de abastecimentos mais equitativa.

Os agricultores Grupo La Soledad que fazem parte da EthicHub, moram nas montanhas, entre lindas paisagens e, ao mesmo tiempo, de difícil acesso para os veículos, porque não tem trilhas. Por isso, os insumos tem que ser levados a pé, durante aproximadamente duas horas, desde o povo mais próximo. Da mesma forma, as colheitas tem que ser descidas a pé, com animais de carga, até uma trilha.  Desde esse lugar, transportam-se até Tapachula, o que leva cerca de duas horas. Tudo isso faz com que seja impossível o acesso à canais de comercialização direta para a venda das colheitas.

Por outro lado, as condições geograficas contribuem para a produção de um café de muita qualidade, com melhor rendibilidade e melhores caraterísticas na chávena: acidez, aroma e corpo.

Informação da finca

José Luis Velázquez nasceu na pequena comunidade de La Soledad, numa família dedicada ao cultivo de café. José Luis pertence à terceira geração de cafeicultores da familia. Dos seus avós herdou o amor pelo cuidado das plantas de café. Seus páis criaram-o nessa linda atividade, e hoje, ele junto com a sua esposa Candelaria, trabalham com muita dedicação e cuidados nas 5 hectares da sua parcela. A paixão com que trabalham a terra, a riqueza dos solos volcânicos, a vegetação imponente, o clima e altura privilegiada, são os fatores influentes para obter um café de excelente qualidade.

La soledad é uma bonita comunidade, rodeada pelas montañas de la Sierra Madre de Chiapas. Para chegar a esse lugar, é preciso atravessar trilhas rocosas, entre rios, atravessar longas pontes feitas de madeira e andar entre as mulas que passam pelo caminho, a levar e trazer todo que a comunidade precisa.

Os vizinhos do local, são, na maioria, pequenos produtores de café. Suas plantações estão localizadas na beira da montanha e são de dificil acesso. Cada ano, são ajudados pelas mulas para descer as colheitas até o povo mais próximo, desde o qual são levadas em veículos para sua distribuição.

O café foi levado à Chiapas da Guatemala, graças à influença das primeiras fincas e imigrantes europeus que, no início do século XIX, introduziram o cultivo na área do Soconusco até as proximidades do vulcão Tacaná, limítrofe entre esses dois paises. Os cafetais encontram-se nas beiras das montahas, em terrenos escarpados e à sombra. De essa maneira, respeitam a biodiversidade do entorno, o que adiciona um valor especial a esse valiosos cultivos.

Dicas de conservação

O café é um produto muito delicado. É oxidado pelo ar, e começa a perder suas propriedades organolépticas; por isso, oferecemos algumas dicas para mantê-lo melhor:

  • Coloca a quantidade necessária de café para dois dias, no máximo. O café conserva-se melhor na embalagem com o zip fechado, do que no compartimento ou tremonha da máquina de café.
  • Se não dispões das nossas cafeterias superautomáticas, mói o café na hora da sua utilização. Assim que o café estiver moído, o processo de oxidação vai multiplicar-se em 15. Isso significa que perderá mais rapidamente o seu sabor e aroma.
  • Se for possível, uma vez aberta a embalagem, armazena o café num recipiente com fecho hermético, ou com selo a vácuo, para que ele não entre em contacto com o ar, e, assim, reduzir ao minimo o processo de oxidação. Na nossa secção de accessórios, encontrarás productos projetados exclusivamente para isso.
  • Nunca guardes o café na frigorífico. Isso fará a umidade do café variar, e também fará variar as caraterísticas organolépticas. Além disso, o café absorbe fácilmente os aromas que o cercam. Não queremos que o nosso café tenha aromas ou sabores desconhecidos…
  • Nunca deixes que o sol o toque.

Em resumo, conserva-lo em local fresco e seco, sem luz solar, e sem contato com o ar. ☕

Avaliações (29)

29 avaliações de Café de México Chiapas José Luis Velázquez

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “Café de México Chiapas José Luis Velázquez”